Qual o momento certo de optar pelo registro de marcas?

Você está na dúvida sobre qual é o momento certo para registrar a sua marca? Nós temos a resposta para você!

Existe uma hora certa para registrar uma marca? Apesar de muitos empreendedores não saberem ao certo se existe momento certo, no temos a absoluta certeza que essa pergunta tem uma resposta bem simples.

Imagine que você está criando uma marca. Já investiu em marketing, pesquisa, fez PhocusGroup, contratou um profissional de branding e design e até mesmo já tem esboços de seu logotipo e do seu nome.

Você está super empolgado com o passo-a-passo da sua empresa tomando vida, tomando nome, cor e tudo mais.

Parece um filho, não é mesmo? Você vê, aos poucos ele tomando forma, começando a existir, e a sua ideia ir crescendo. É um motivo de orgulho para qualquer empreendedor.

Existe uma grande carga emocional envolvida na criação do nome de uma empresa. A gente se apega, e depois fica até difícil de mudar, ainda mais quando essa mudança é forçada.

E muitas vezes é. Existem muitos casos em que as marcas estão prontas, e é são notificadas que estão utilizando uma marca registrada. E esse é um processo doloroso.

Qual o melhor momento?

O melhor momento de registrar uma marca é: assim que o processo de naming fica pronto. Não tenham dúvidas, não perca.

Assim que você termina o processo de naming, deve ir correndo para um escritório de marcas e patentes e descobrir se o nome que pretende dar à sua empresa está disponível para registro.

E você só deve seguir em frente se o nome estiver disponível para registro.

Caso contrário, você corre o grande risco de precisar recomeçar o seu processo do zero, e voltar às etapas iniciais do processo de naming.

Portanto, o que você deve saber é: a melhor maneira de garantir que o seu nome esteja protegido, a salvo, e em segurança é através do registro damarca.

Ao registrar a sua marca, você garante que a sua criação esteja protegida, e detém a exclusividade de uso dela, podendo ceder ou dispor dela para quem quiser e/ou bem entender.

Caso contrário, se a sua marca estiver disponível para registro, e mesmo assim você não registra, corre o risco de alguém com a ideia parecida com a sua registrar na sua frente, e fazer você voltar ao início do processo.

Agora, se abrir mão da sua marca no início do processo já é difícil, imagina no final do processo, depois que você já está usando abertamente a sua marca, seus clientes já conhecem você, e certamente mudar vai ter um prejuízo bem maior.

Se você, por acaso ainda não registrou a sua marca, e ainda não foi notificado para mudar, isso pode ser um ótimo sinal.

Pode ser um sinal de que você ainda tem uma chance de registrar a sua marca, e ainda pode conseguir a exclusividade de uso da marca que escolheu.

Como não são raros os casos de marcas repetidas, o melhor a fazer, agora que você já sabe que, se estiver usando uma marca não registrada é solicitar uma consulta para ver se sua marca está disponível para registro.

Recomendamos que, se a marca estiver disponível, você não pense 2 vezes antes de proteger o maior bem da sua empresa.

Conclusão

Esperamos que você tenha compreendido a importância de registrar a sua marca logo após decidir como ela se chamará. Afinal, o mercado está cada vez mais competitivo nos dias de hoje e ser exclusivo é fundamental.

Então não esqueça de proteger o seu negócio e futuro, invista no registro da sua marca o quanto antes.

Deixe um comentário