5 dicas de gestão financeira pessoal

A gestão financeira pessoal parece ser uma tarefa complicada, mas a verdade é que isso pode ser bastante simples quando você torna o planejamento um hábito. Afinal, a rotina é a melhor forma de se acostumar com a ideia de controlar as suas finanças e reduzir as chances de que as contas saiam do controle.

Para ajudar você nessa tarefa, separamos as 5 principais dicas de gestão financeira pessoal. Ao seguir esses passos, você pode criar novos hábitos e controlar melhor a forma como você gerencia o seu dinheiro. Portanto, não deixe de acompanhar o artigo até o final!

Vamos começar?

Confira abaixo 5 dicas de gestão financeira pessoal?

Monte uma planilha de gastos mensais

Muitas pessoas não têm ideia do quanto gastam ao longo do mês. O problema disso é que você pode chegar no fim do mês e perceber que não sobrou dinheiro para emergências ou até mesmo para comprar algo que você deseja.

Para evitar essa situação, você pode criar uma planilha e alimentá-la periodicamente com todos os gastos. Existem até mesmo aplicativos que fazem essa gestão por você, automatizando o trabalho e garantindo a assertividade das informações.

Com o tempo, esse controle será um hábito e você terá uma visão muito mais sistêmica de quanto gasta ao longo do mês.

Controle os seus gastos diários

Você já parou para pensar em quais são os seus gastos constantes? Alimentação, internet, transporte. Existem diversas contas com as quais temos que arcar diariamente. E, muitas vezes, essas contas são uma verdadeira armadilha na gestão financeira pessoal.

Fazer uma lista de todos os seus gastos diários e definir um limite de dinheiro a ser utilizado por dia é uma ótima forma de evitar que eles atrapalhem o seu budget. Além disso, você pode tentar reduzir gastos ao escolher restaurantes mais baratos ou até mesmo encontrar um novo caminho até o trabalho!

Faça aplicações automáticas

A maioria dos bancos permite que você programe a aplicação de uma certa quantia do seu salário em uma data específica. A aplicação automática garante que você sempre terá uma fatia do que ganhou reservada para a poupança ou outro investimento, impedindo que você use esse dinheiro sem controle.

As poupanças são essenciais para que você sempre tenha um fundo de emergência ou até mesmo para planejar o seu futuro. Então, invista nessa ideia hoje mesmo!

Evite o uso do cartão de crédito

Se você parar para pensar, o cartão de crédito é um dinheiro que você não tem no momento. Essa ilusão faz com que muitas pessoas se enrolem em suas finanças, criando dívidas das quais nem sempre podem sair.

A dica aqui é tentar restringir ao máximo o uso do cartão. Guarde essa função para compras a longo prazo e sempre inclua as parcelas na sua planilha de gastos mensais. Acompanhar periodicamente a fatura também pode ser uma boa forma de evitar que a conta chegue mais alta que o planejado.

Solicite um empréstimo para reorganizar as suas dívidas

Agora, se você já se encontra em uma situação de dívidas, pode ser uma boa ideia solicitar alguma modalidade de empréstimo. Porém, é preciso prestar atenção nas taxas e parcelas para ter a certeza de que você conseguirá pagar o empréstimo sem piorar as suas dívidas.

Esse tipo de transação é um ótimo jeito de reorganizar a sua vida financeira. Se usado com cautela, o empréstimo pode ser a solução para que você consiga fazer a gestão financeira pessoal com muito mais facilidade daqui para frente!

Se você tiver mais alguma dica de planejamento financeiro para compartilhar com nossos leitores, deixe o seu comentário no espaço abaixo. Não esqueça também de compartilhar esse artigo em todas as suas páginas nas redes sociais!

Clique para descobrir mais conteúdos como este 😉

Deixe um comentário